Google+ Followers

quarta-feira, 11 de abril de 2018

POLÍTICA - Cartas ao Lula.

A catarse coletiva das cartas a Lula. Por Cidinha da Silva

 
Trata-se de uma campanha para que as pessoas amigas de Lula lhe enviem cartas pelos correios, para o endereço da Polícia Federal, em Curitiba.
Uma boa ideia nesse momento em que todas as formas de mobilização são bem vindas. Há de haver diferentes modalidades de ação para que as mais diversas pessoas possam engajar-se, à medida que desejarem.
PUBLICIDADE
Até mesmo crianças e idosos, aos quais a prudência recomenda que se mantenham distantes das mobilizações de rua, alvo de ataques covardes da polícia.
De fato, a ideia já circulava pela internet após o ato ecumênico por intenção do aniversário de Marisa Letícia, antes de deflagrado o movimento de envio massivo de cartas no dia seguinte à prisão de Lula.
Após sua comunicação sobre a decisão de cumprir o mandado do juiz de primeira instância, a tristeza e frustração que se abateram sobre as pessoas ligadas ao movimento Lula Livre foi enfrentada por muita gente por meio da escrita.
Houve uma catarse expressa em textos, nos quais as pessoas sentiram necessidade de tornar pública a origem socio-econômica similar à de Lula; a trajetória de inúmeras batalhas e superações; de externar solidariedade e comoção a um igual.
Nessas cartas espontâneas, pessoas descreveram calvários pessoais que são retrato vivo da precarização em que vive a maior parte da sociedade brasileira, articulando-os às possibilidades de superação oferecidas pelas políticas públicas de combate às desigualdades implementadas no período Lula-Dilma.

Nenhum comentário: