Google+ Followers

domingo, 4 de dezembro de 2016

CUBA - Funeral de Fidel.

Funeral de Fidel acontece em cidade berço da revolução

Como último desejo, líder pediu para proibir construção de qualquer monumento em sua memória; Lula diz que Fidel foi último mito vivo

Adeus comandante
Jornal GGN - O funeral do líder Fidel Castro começou neste domingo (04), por volta das 10h no horário de Brasília, e às 7h em Cuba, na cidade de Santiago, berço da revolução cubana. A despedida acontece após uma semana de homenagens com uma caravana que percorreu toda a ilha. O corpo de Fidel foi cremado e suas cinzas serão depositadas no cemitério Santa Ifigênia, segundo informações da Agência Ansa.
Nesse sábado (03), durante um grande ato em memória do revolucionário, o presidente e irmão do líder, Raul Castro declarou que irá converter em lei o último desejo de Fidel que é proibir a construção de qualquer estátua ou monumento em sua memória. 
Disse ele: "[Fidel] rejeita qualquer manifestação de culto à personalidade e foi coerente com esta atitude até as últimas horas da vida". 
Os presidentes da Venezuela, Bolívia e Nicarágua, Nicolás Maduro, Evo Morales e Daniel Ortega, respectivamente, participaram das homenagens de sábado. Os ex-presidentes Lula e Dilma também compareceram no ato. Segundo informações trazidas pela RBA, na ocasião Lula disse que Fidel era o último mito vivo e um dos nomes mais representativos do século 20.
                     
O ex-presidente acrescentou, ainda, que poucas vezes conheceu alguém com o comportamento e dignidade do líder cubano, lamentando em seguida o embargo comercial imposto à ilha desde 1962 pelos Estados Unidos. Lula afirmou ter esperança de que os norte-americanos honrem a promessa, feita por Barack Obama a Raul Castro, de restabelecimento das relações.
"Espero que o povo cubano possa ter possibilidade de mostrar sua competência ao mundo", pontuou.

Nenhum comentário: