Google+ Followers

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

POLÍTICA - O arraial golpista está em fogo.

O arraial golpista está em fogo com tomada do governo pelo PSDB

sapoangeli
Tirar do povo é “mole”.
O difícil, para a mixórdia parlamentar, é tirar deles e do seu grupo.
O PMDB golpista não quer ficar com o ônus e entregar o bônus do governo aos tucanos.
Jáder Barbalho não escondeu o que se passa na bancada do partido no Senado, no mesmo dia em que ela deu os votos a Temer para a PEC da Morte.
O relato é do Estadão:
O senador alega que setores da sociedade querem derrubar Temer e têm como candidato à presidência o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.  Além de pertencer ao mesmo partido do presidente, Jader possui um filho ministro, Hélder Barbalho, que coordena a pasta da Integração Nacional. 
“Não queria intervir nesse quadro nacional que aí está, mas, me desculpem, o meu limite acabou. Eu entendo que está em curso um processo para derrubar o presidente Michel Temer”, afirmou. O peemedebista disse que o movimento parte da grande mídia, aliada a setores do sociedade que querem antecipar as eleições de 2018 e aprofundar a crise, provocando a renúncia de Temer.
Ao dizer que tem todo o respeito pela oposição e por figuras importantes do PSDB, afirmou que aqueles que querem a queda de Temer articulam a posse do tucano Fernando Henrique Cardoso. “Com respeito a tantas figuras importantes do PSDB, mas a grande mídia e esses setores que querem derrubar o presidente da República já tem candidato: o candidato é o ex-presidente FHC”, afirmou. 
Jáder, que ficou conhecido pelo escândalo em que sua mulher recebeu quase R$ 10 milhões para uma criação de rãs da mulher, mostra que  o PMDB não vai engolir o sapo tucano tão fácil, não.

Nenhum comentário: