Google+ Followers

sexta-feira, 28 de abril de 2017

MÍDIA - A Globo mais canalha do que nunca.

Globo veta expressão greve geral e manda focar na "baderna", denuncia jornalista

"Recebi de um colega o seguinte relato. Na redação da TV Globo São Paulo, na preparação do telejornal vespertino, um editor se dirigiu aos berros à equipe, dizendo estar vetado o uso da palavra 'greve geral'. Ordens superiores", informa o jornalista Rodrigo Ratier; "O clima na redação é de revolta e consternação"

Nenhum comentário: