Google+ Followers

terça-feira, 18 de abril de 2017

POLÍTICA - Vinte anos de propina.

Padilha: 20 anos de propina. E 20 anos com Temer

eliseup
A Folha publica hoje que “o ministro da Casa Civil do governo Michel Temer, Eliseu Padilha, pediu, recebeu e gerenciou propinas e caixa dois durante os últimos três governos federais”.
De Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), passando por Lula (2003-2010), até Dilma Rousseff (2011-2016), o atual chefe da Casa Civil foi, de acordo com as delações, o encarregado de arrecadar ao menos R$ 11,5 milhões junto à empreiteira.
Como cada um destes teve dois governos e Padilha está no de Temer, vamos para um total de 22 anos de propinagem, um provável recorde mundial.
Curiosamente, a ascensão de Padilha coincide com a de Michel Temer, que entregaram o PMDB ao governo Fernando Henrique em troca de … posturas ideológicas, certamente.
Eles fizeram do partido, com a participação de Geddel Vieira Lima e Moreira Franco, na Câmara dos Deputados, uma quadrilha de obtenção de vantagens negociando o apoio de que nenhum presidente poderia prescindir, sob pena de perder as condições de governar.
Todos são do mesmo tempo, a legislatura de 1995/99 e montaram uma máquina de obtenção de vantagens – e, perdoem a rima, de chantagem – políticas e financeiras que, afinal, chegou ao primeiro plano do poder com o golpe parlamentar.
É a esta gente que o país está entregue, sem que jamais o povo brasileiro o tenha entregue, pelo voto.
Vivemos um espetáculo de cinismo e hipocrisia, no qual – em nome da moralização do Brasil, entregou-se a nação a uma corja, que só tem como função mercadejar o seu patrimônio e os direitos de seu povo.

Nenhum comentário: