Google+ Followers

sábado, 20 de maio de 2017

POLÍTICA -Carta gentil a um rotweiller arrependido.

Carta gentil a um rotweiller arrependido

rotw
Caro Reinaldo Azevedo,
Acompanho, por obrigatório, o que você escreve em seu blog e não deixo de reconhecer que, ainda que rotweiller, como alguém diverso da matilha que antagoniza a democracia e a legalidade.
Por isso – é claro que você se apercebeu – que ,ainda para continuarmos no reino animal,  o “cría cuervos que te sacarán los ojos” é algo que descreve muito bem o que se passa com o serpentário que – nisto não te perdoo e você, talvez, se arrependa – que foi cevado no ódio da inaceitação do resultado eleitoral.
Compreendo que a compulsão dos ex-esquerdistas que se trasladaram para a direita feroz acabe por rechear seus textos de ódios e xingamentos. Também era assim com Lacerda, a cuja história você deveria ter prestado mais atenção. Quem sabe, assim, não conjuraria,  como ele, demônios que o devorariam até a morte. Dizem alguns que à morte física,  literalmente.
Você agora pede o impeachment de Rodrigo Janot e Edson Fachin por terem aceito uma gravação supostamente editado do megaaçougueiro Wesley Batista. De acordo, também acho que é tão obsceno quanto divulgar, sem um mínimo de verificação e provas, o que “propineiros e propinadores” dizem de pessoas de vida pública, sejam quem forem, inclusive Dilma Rousseff e Lula.
Acho, porém, que sua ira santa contra a leviandade não apareceu no dia em que a revista que o abriga, à véspera das eleições, publico aquela capa do “eles sabiam de tudo” com suposta  base em uma “convicção” dos facínoras Alberto Yousseff e Paulo Roberto Costa.
Você passou a dizer que é ” necessário investigar a investigação”.
A esta altura, Reinaldo, quem é que vai por o guizo neste gato que se tornou um tigre feroz?
Experimente um senador dizer que vai propor este impeachment ou o presidente do Senado, Eunício Oliveira (também todo lambuzado pelas delações da Odebrecht e da JBS) aceitá-lo e você vai assistir um linchamento do gajo.
Você, porém merece um elogio. Não desertou, como a ratatuia tucana, de Serra e de Aécio, defenestrado de sua própria casa e até do álbum de retratos do “novo” (pergunte ao FHC o que é isso) Luciano Huck. Dizem que o Dória, que está em cima do muro, fez o mesmo.
Estamos a pouco mais de um ano das eleições  e, se o Governo Dilma continuasse no mau desempenho que vinha tendo (que se tornou péssimo com a guerra sem tréguas de Cunha e Aécio, entre outros – é provável que o  quase-ex-senador de Minas fosse o favorito disparado para vencer.
Hoje, na melhor das hipóteses, vai para o ostracismo ou, se convier, como “boi de piranha”,  para prender também Lula – como você mesmo observa –  para a cadeia.
De cães, corvos, serpentes, gatos, ratos e bois, passo à galinha. Aquela que mataram pela ânsia do ovo, que não se podia esperar até o dia seguinte.
Aceite o cumprimento de quem, apesar de tudo o que já ouviu de desaforos, inclusive seus, aprendeu a viver sem ódios.

Nenhum comentário: