Google+ Followers

terça-feira, 23 de maio de 2017

PETROBRAS - A xepa continua.

Petrobras anuncia venda de outro campo de gás na Amazônia

petrobras_-_steferson_faria_-ag_petrobras_1.jpg
Foto: Steferson Faria/Agência Petrobras
Jornal GGN - Por meio de nota divulgada ontem (22), a Petrobras anunciou que deu início à cessão da participação no Campo de Juruá, na Bacia de Solimões, com a divulgação da oportunidade de desinvestimento.
Segundo a estatal, será oferecido 100% da participação no campo, que fica no estado do Amazonas. A empresa também diz que o campo tem potencial de desenvolvimento uma descoberta de gás natural, além de estar localizado perto de outros campos da Petrobras e de infraestrutura necessário para produzir e escoar o gás.
O documento com as informações sobre a venda e com os critérios objetivos para selecionar os participantes da negociação está disponível no site da estatal através do link http://www.investidorpetrobras.com.br/pt/comunicados-e-fatos-relevantes.
A empresa também informou que a divulgação da operação está de acordo com as orientações do Tribunal de Contas da União (TCU).
O Campo de Juruá foi descoberto em 1978 está localizado em Carauari, a 800 quilômetros de Manaus. O prospecto da empresa afirma que o campo tem um “volume significativo” de gás natural e também diz que outras companhias têm explorado a área ao redor, com “descobertas que podem aumentar o valor do ativo devido a sinergias e ganho de escala de produção".
Na semana passada, a estatal divulgou o início da venda de 100% da Campo de Azulão, também na Amazônia. Apesar do potencial das áreas, a distância dos mercados consumidores pode dificultar o desenvolvimento das reservas, e pode ser necessário a construção de 140 quilômetros de dutos na floresta.
Hoje, somente a empresa russa Rosneft possui atividades na região. Para concorrer ao negócio, as companhias interessadas devem comprovar experiência na exploração de petróleo e gás no Amazonas ou na operação de usinas térmicas com capacidade instalada de no mínimo 200 megawatts no Brasil.
O objetivo da Petrobras com seu plano de desinvestimentos é captar US$ 21 bilhões até o fim de 2018. Também foram anunciadas a venda da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, e da parcela da empresa na Petrobras África.

Nenhum comentário: